Amplitude Genética

Amplitude Genética

Modelo estruturado para melhoramento da raça Senepol – Referências Conceituais:

Características de Produção de Carne = Frame, Taxa de crescimento (GPD), Peso, conformação de Carcaça, musculatura
Índices Reprodutivos = Prolificidade, precocidade sexual e de crescimento, habilidade materna, e também Frame
Genética fechada = Máximo de acasalamentos dentro de uma mesma linha, afim de probabilizar apuração de uma ou mais características genéticas desejadas (Permite o Acasalamento Endogâmico)
Genética Aberta = Base genética que permite ampla possibilidade de acasalamentos dentro de várias linhas, neste caso é menor o risco de segregação Gênica geralmente da mais oportunidades para o efeito heterose dentro de uma mesma raça (Permite o Acasalamento Exogâmico) .
Acurácia = define a intensidade de utilização de um raçador em um rebanho. É medida de risco, onde quanto mais perto de 1, o risco é menor pelo fato do touro ter mais progênies avaliadas.

Herdabilidades relevantes para plano de acasalamentos:
Peso Nascimento = 0,30 no Senepol
Peso à Desmama = 0,25 no Senepol
Peso 14 meses = 0,32 no Senepol

Amplitude das Linhas Genéticas da Raça Senepol: Senepol Santa Luzia

Amplitude Genética

Endogamia = Consanguinidade
Ocorre em cruzamentos entre parentes
Homozigose = Genes iguais em um Locus

Apresenta reflexo negativo para:
Fertilidade / Produção / Adaptabilidade
Coeficiente > 6,25% já gera fortes impactos
Touro x Filha = 25% consanguinidade
Touro x Neta = 25% consanguinidade
Meio Irmão = 12,5% consanguinidade
Filho x Neta de mesmo touro = 6,25%
Neto x neta de um mesmo touro = 3,13%

Amplitude genética do plantel de doadoras Senepol Santa Luzia

Tabela de Amplitude

Amplitude genética da base de reprodutores – Senepol Santa Luzia

Tabela de Amplitude

Comments are closed.